08
Dom, Dez

Delegacias Sindicais

O auditor fiscal federal agropecuário Roberto Schroeder volta ao cargo de superintendente federal da Agricultura no Rio Grande do Sul exatamente seis meses depois de ter sido exonerado. O nome do médico veterinário foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (11). Schroeder reassume para dar continuidade ao plano de trabalho iniciado e desenvolvido ao longo dos nove meses em que esteve à frente da superintendência. De maio de 2015 a fevereiro de 2016, sendo três primeiros meses como interventor, Schroeder promoveu grandes avanços na superintendência gaúcha, com a organização do trabalho dos servidores e a solução de pendências que vinham historicamente prejudicando o desenvolvimento pleno das atividades no Rio Grande do Sul.

 

A nomeação de um auditor fiscal federal era um pleito antigo da Delegacia Sindical no RS do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (DS-RS Anffa Sindical). “Tivemos momentos de muita tensão neste ano, com a nomeação de indicações políticas na nossa superintendência. A presença de gestores que não conhecem o agro gaúcho deixou os servidores insatisfeitos. Agora temos certeza de que teremos uma nova dinâmica”, comemora a delegada sindical Consuelo Paixão Côrtes. A expectativa, conforme Consuelo, é de que a partir desta nomeação seja regulamentada a meritocracia, tão esperada pelos auditores fiscais federais agropecuários.

 

Roberto Schroeder é médico veterinário pela Faculdade de Veterinária da Ufrgs, mestre em Ciências Veterinárias (Ufrgs) e em Desenvolvimento Rural Internacional pela The Royal Agricultural College, a instituição mais antiga de ensino superior em ciências agrárias do Reino Unido. No Ministério da Agricultura, já trabalhou em diversos departamentos, entre eles no Serviço de Fiscalização de Insumos Agropecuários e na Divisão de Politica, Produção e Desenvolvimento Agropecuário.
 



Fonte: Assessoria de Imprensa da DS/RS
Texto por Thais D'Avila 

0
0
0
s2sdefault