11
Seg, Dez

CONAFFA

Os participantes do IV Congresso Nacional de Auditores Fiscais Federais Agropecuários (CONAFFA) avaliaram positivamente os resultados dos debates e da votação em Plenária Final, que ocorreu hoje (04/10), durante todo o dia.

Das 47 diretrizes votadas, 44 foram aprovadas e devem definir as ações do Anffa Sindical nos próximos anos. Confira abaixo o depoimento de alguns participantes:
 

“Apesar de 34 anos de serviço, esse é o primeiro CONAFFA que participo e também a primeira vez em que apresento teses. Para mim foi tudo uma novidade e acredito que essa é uma forma realmente democrática de ouvir os filiados e o que a gente aspira para a carreira”(Yoshio Fugita – Auditor Fiscal Federal Agropecuário do Mato Grosso do Sul).

“A Plenária Final é o momento mais importante do CONAFFA, em que as diretrizes que vão nortear todo o funcionamento do Sindicato são estabelecidas e, um dos pontos mais importantes que eu vi na discussão aqui hoje foi a questão de um mecanismo que precisa ser criado para monitorar o cumprimento e a implementação das diretrizes a partir do CONAFFA. Essa é uma das teses que foi apresentada e aprovada e que considero muito importante” (Ângelo de Queiroz – Auditor Fiscal Federal Agropecuário e delegado do Anffa Sindical no Distrito Federal).

“Acho muito importante existir esse espaço democrático para definição de prioridades e, com relação à Meritocracia, fiquei feliz por a questão dos critérios para ocupação de cargos ter sido contemplada, pois é uma premissa importante por tratar dos pré-requisitos para que a pessoa possa concorrer aos cargos”. (Alexandre Orio Batos – Auditor Fiscal Federal Agropecuário e superintendente federal de agricultura do Paraná).

“O CONAFFA tem como objetivo fortalecer alguns questionamentos e posicionamentos que a carreira faz. Eu destacaria os aposentados, que representam um percentual muito grande de filiados do Sindicato, quase 50% do total, e que contribuem financeiramente. Uma das questões para incentivar esse aposentado a permanecer é manter a questão do subsídio, diretriz aprovada hoje, especialmente porque isso foi conquistado arduamente e é um reconhecimento de uma carreira forte”. (Silvia Maria Coda Dias – Auditora Fiscal Federal Agropecuária).