20
Sex, Out

Notícias do Sindicato

Servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em sua maioria Auditores Fiscais Federais Agropecuários (AFFAs), se concentrarão, mais uma vez, em frente à sede do MAPA, em Brasília, para protestar contra a privatização de atividades do Ministério e pedindo a saída do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e do secretário executivo, Eumar Roberto Novacki.

Cerca de 100 servidores já haviam realizado um ato do dia 27/09 com o mesmo propósito e, dessa vez, esse número deve triplicar, uma vez que contará com a participação de Auditores de vários estados, e não só do DF e de Goiás, como na última ocasião.

A motivação dos protestos são as recentes propostas apresentadas por consultoria contratada pelo MAPA para reestruturação da Secretária de Defesa Agropecuária (SDA), que destaca, entre outros aspectos, um modelo de Secretaria com características de órgão autônomo (Neo-Órgão autônomo).

De acordo com o coordenador do Comando Nacional de Mobilização (CNM), Antônio Andrade, ainda não existe posicionamento oficial sobre uma paralisação geral da categoria.

Ainda segundo Antônio, um grupo de trabalho do CNM e de servidores do Distrito Federal criado para fazer uma análise crítica dos documentos apresentados pela consultoria do MAPA já finalizou o trabalho e, agora, a análise deve passar pelo crivo da Diretoria Executiva Nacional (Direx) e do CNM. “Após isso, devemos publicar essa análise e dar conhecimento ao MAPA”, afirma Antônio.

O protesto acontece nesta quinta-feira (05/10), em frente ao prédio do MAPA, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a partir das 13h30.