16
Dom, Dez

Notícias do Sindicato

Em uma breve análise das ações de marketing e jornalismo desenvolvidas no ano de 2017, o diretor de Comunicação e Relações Públicas do Anffa Sindical, Roberto Siqueira Filho, relembrou os desafios enfrentados pelo setor após a deflagração da operação Carne Fraca, em março deste ano.

De acordo com o diretor, a DCom (Diretoria de Comunicação e Relações Públicas) e a assessoria de imprensa do Sindicato (RP1) vinham trabalhando em uma forte campanha contra a terceirização, desde 2015, quando foi divulgado o escândalo, envolvendo servidores.

“Foi uma explosão para nós da Comunicação, pois chamou muita atenção da mídia para a atividade dos Auditores Agropecuários e para o problema da inspeção de produtos de origem animal”, explica Roberto.

Segundo ele, apesar do grande desafio, a operação também foi uma oportunidade de reconhecimento por parte dos veículos de comunicação sobre o trabalho dos AFFAs.

“Antes disso, nossas atividades eram comumente confundidas com as atividades da Anvisa, Ministério Público e da Polícia Federal. Por meio de um árduo trabalho, conseguimos ao longo do ano conquistar a atenção da mídia, o que foi essencial, pois, apesar de termos sido os denunciantes desse esquema de corrupção, a simplificação dada pelos veículos de comunicação acabou transformando os fiscais em vilões da história”, ressalta.

Ainda de acordo com Roberto, o trabalho da DCom para o próximo ano continua em torno da valorização da carreira, por meio de um trabalho pontual com destaque para as diversas atividades da Fiscalização.

“Queremos mostrar como nossa atuação é positiva e importante para a sociedade, abordando vários setores de atuação dos Auditores Agropecuários como a inspeção vegetal e a vigilância internacional, e não só na área animal, bastante evidenciada pela mídia atualmente. Além disso, iremos insistir no combate à desinformação da mídia e na divulgação do real problema da defesa agropecuária brasileira que é a ingerência política e falta de administração por parte do MAPA”, afirma o diretor.
 

Novas mídias

Outro foco não menos importante para 2018 segundo o diretor Roberto Siqueira Filho será o investimento no uso e aprimoramento de novas mídias, como Whatsapp e Facebook. De acordo com ele, o rápido crescimento da Diretoria de Comunicação e Relações Públicas nos últimos anos exige, agora, a expansão do setor nesse sentido.

“A DCom cresceu bastante e está se profissionalizando ainda mais. Nosso desafio para o próximo ano é, por meio de uma assessoria especializada que passará a integrar a nossa equipe de trabalho, desenvolver um grande planejamento de comunicação e focar, especialmente, nas mídias sociais”, explica Roberto. 

0
0
0
s2sdefault