16
Dom, Jun

+ Notícias

A Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) reuniu, nos dias 04 e 05/06, na Enagro (Escola Nacional de Gestão Agropecuária), em Brasília, os chefes de todas as instâncias administrativas ligadas à SDA, para discutir questões estratégicas à execução dos temas definidos como prioritários pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e pelo secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal.

No total, foram 50 gestores participantes: 27 chefes de divisão de Defesa Agropecuária nos estados, sete chefes de gestão do Sistema VIGIAGRO, 10 chefes regionais do sistema SIPOA e seis chefes dos laboratórios federais de Defesa Agropecuária.

De acordo com Fernando Mendes, secretário-adjunto de Defesa Agropecuária, a oficina foi uma oportunidade de reunir todos esses “atores que dão capilaridade às ações conduzidas pelo gabinete da Secretaria” em um único evento, que abordou os desafios da Defesa Agropecuária, a nova organização institucional e estrutura de pessoal, programas e projetos prioritários como a implementação do sistema de Autocontrole, entre outros assuntos.

“Nas execuções das ações, eventualmente, existem muitos ruídos de comunicação entre áreas diferentes. Então, essa é uma oportunidade de a gente ter todos na mesma página, alinhados com o discurso do secretário, e de os departamentos técnicos apresentarem a reestruturação que houve desde o começo do ano, com o novo Governo. É um momento para esses 50 gestores que estão lá na ponta devolverem dificuldades e impressões para retroalimentar esse sistema e melhorar a operação como um todo”, explica Mendes.

Segundo Fernando, a avaliação da reunião conjunta é positiva e outras semelhantes devem ocorrer, esporadicamente.

“A reunião superou as expectativas e a percepção que tenho dos participantes é que ficaram contentes com esse input de informações. Foi possível pacificar questões relacionadas até ao tema da verticalização, mais sensível e que tem gerado mais ruídos. Pudemos aparar eventuais arestas e, a ideia é que isso se repita conforme surja demanda”, afirma o secretário-adjunto.

Vale ressaltar que o Anffa Sindical foi um dos apoiadores da oficina oferecida pela SDA, uma vez que uma das propostas dessa gestão da Diretoria Executiva Nacional (Direx) é contribuir com iniciativas de qualificação dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (AFFAs). Na oportunidade, o Sindicato distribuiu kits aos gestores com bloco, caneta, broche, e luva térmica de cozinha, tudo dentro de uma ecobag personalizada.

“Mais uma vez o Anffa Sindical se faz presente e estará sempre disponível a atender demandas que beneficiem e qualifiquem os AFFAs, especialmente aqueles que fazem parte do nosso quadro de filiados, como é o caso da maioria dos participantes dessa reunião promovida pela SDA”, afirma o secretário de Administração, Luiz Gonzaga Matos. 

0
0
0
s2sdefault