Palestra auxilia servidores sobre a migração de Regime Próprio de Previdência Social para Regime Complementar

Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental comandou o encontro na quinta-feira (16/03). Transmitido ao vivo pelo YouTube, o evento teve participação expressiva de filiados


Ajudar o filiado a tomar a decisão de migrar ou não para o regime de previdência complementar com adesão à FUNPRESP, esse foi o foco da palestra realizada hoje, 15/03, no auditório da sede do Sindicato.

O palestrante, Luiz Alberto dos Santos, que é especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, contribuiu para a criação da carreira de Auditor Fiscal Federal Agropecuário e participou, também, do CONAFFA, em 2011.

Atendendo a uma demanda já discutida em reuniões passadas, a questão do servidor que ingressou no serviço público federal do Poder Executivo antes de 04 de fevereiro de 2013 e no Poder Legislativo antes de 07 de maio de 2013 (datas da instituição do RPC – Regime de Previdência Complementar) tem gerado muitas dúvidas, uma vez que o mesmo pode optar por migrar de regime previdenciário até o dia 29/07/2018.

Com relação ao perfil da carreira de AFFA, os dados apresentados deixam claro que, entre 2003 e 2008, houve uma renovação da carreira com um número de ingresso muito expressivo, mas, de 2014 até o ano atual, tem ficado abaixo do desejado. “Agora está em andamento um concurso que vai dar uma melhorada nesse perfil de ingresso, mas hoje ela é uma carreira muito dividida ainda entre novos e velhos servidores. Se não houver uma política de recomposição, se continuarmos tendo ingressos muito limitados, vai começar a ter uma presença ainda mais forte de aposentados no atual quadro de AFFA”, frisou Luiz Alberto.

Para saber se é vantajoso ou não optar pelo fundo de pensão, foi mostrada a situação de um AFFA, que ingressou em janeiro de 2008, possui 10 anos de contribuição e 35 anos de idade. Levando em conta a média de salário de contribuição desse servidor até dezembro de 2017, corrigindo monetariamente mês a mês, e considerando que ele tenha conseguido progressões anuais, ele chegará com a idade mínima para se aposentar hoje, com pouco mais de R$ 1.500.000,00, em saldo na conta pessoal da FUNPRESP, se considerado ganhos reais do fundo de 5% ao ano. Mas, se o mesmo contribuir por 5 anos a mais e aposentar-se com 65 anos, com base na mesma porcentagem de contribuição de 11%, ou seja, 2,5% a mais que os 8,5% obrigatórios, ele acumulará uma reserva de mais de R$ 2 milhões com prazo indeterminado. “Se esse cenário se concretizar, lembrando que não conseguimos dar total certeza, pois estamos trabalhando com previsões futuras, ele pode fazer uma retirada superior ao seu último salário de contribuição. Estamos considerando que haja uma reforma da previdência nos próximos 25 anos, e que o fundo tenha um desempenho real de 5% ao ano. Para esse servidor, que tem vários anos de contribuição pela frente, pode ser sim vantajoso optar pelo fundo de pensão”, afirmou.

O perfil atual da Carreira de AFFA indica que os servidores que ingressaram nos últimos quinze anos, e que hoje estariam com idades entre 42 e 48 anos, não teriam pela frente tempo de atividade para acumulação significativa na FUNPRESP. Quem tem idade inferior a 40 anos, e menos de 15 anos de serviço público, poderá ter vantagem em migrar para a o fundo, pois terá tempo para acumular reservas no plano. “Quanto maior o tempo de contribuição, maior a chance de uma renda na aposentadoria igual ou superior à do regime atual” finalizou.

O Presidente Maurício Porto cedeu dados dos filiados a fim de que pudesse ser feito um trabalho personalizado sobre o assunto para o público interno. Em consequência disso, foi elaborada uma cartilha, de autoria do palestrante, que será disponibilizada em breve em formato digital.

Transmissão ao vivo
Com o intuito de cada vez mais aumentar a interação do filiado com o palestrante, a transmissão ao vivo, que está também a disposição de todas as Diretorias e Delegacias Sindicais, é uma ferramenta que o Sindicato vem utilizando desde o ano passado. Desta vez, ao final da apresentação, foi contabilizado o número de 145 filiados que acompanharam virtualmente o evento de todo o Brasil.

ASSISTA AQUI À ÍNTEGRA DA PALESTRA

BAIXE AQUI O ARQUIVO DA PALESTRA

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61) 3246 1599 +55 (61) 3037 1401