Representante sindical defende união e participação para valorizar a carreira de affa

A certeza de que a participação na luta coletiva é o melhor caminho para a evolução da carreira motivou a Affa Caroline Posser Simeoni, do Rio Grande do Sul, a se filiar ao ANFFA Sindical e, mais recentemente, a aceitar o desafio de representar a Seção Sindical Vale do Taquari. Nesta entrevista, que inaugura uma série mensal sobre os affas filiados à DS-RS Anffa, a servidora do Mapa fala sobre os riscos para a população do PL 1293, a perda de atribuições e a importância do trabalho dos auditores e de sua mobilização.

Affa Caroline Simeoni - Representante da Seção Sindical Vale do Taquari

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria em 2012, Caroline tem pós-graduação em Inspeção de Produtos de Origem Animal e mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela mesma instituição. Ingressou no ministério no concurso mais recente, em 2018, e, desde então, está lotada no SIF 1661, em Lajeado, e atua na inspeção em abatedouro frigorífico de aves. A Affa tinha experiência anterior como servidora pública, também na área de inspeção, como fiscal estadual agropecuária da Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul. Confira a entrevista:

Um dos desafios da atividade sindical é atrair jovens profissionais. Por que decidiste te filiar?

Decidi me filiar cerca de um ano após o ingresso no Mapa pois estava insatisfeita com a situação a que nossa carreira estava sendo exposta, por não concordar com algumas situações que se apresentavam no ambiente de trabalho, tanto no âmbito administrativo quanto na parte técnica. Vendo que havia uma desvalorização e perda de atribuições. Foi então que percebi que só minhas críticas e insatisfação não iriam contribuir para nada, se não fosse direcionada da maneira correta, e a forma mais efetiva de participar da mudança era me filiando e participando do sindicato.

Por mais que algumas vezes não alcancemos os objetivos almejados ou que tenhamos algumas frustrações devido à sobreposição política em detrimento do conhecimento técnico, saber que estamos lutando pela nossa carreira, que diga-se de passagem é fundamental para garantir a saúde pública, animal e vegetal, é gratificante.

Como a aprovação do PL 1293 pode impactar a carreira dos affas?

A aprovação do PL 1293 traz consequências muito além do impacto na carreira dos affas. Na verdade, configura um enorme prejuízo para toda a população. Com o desmonte da fiscalização, que é o que irá acontecer, a sociedade ficará muito mais exposta a fraudes, falsificações, adulterações, assim como doenças transmitidas por alimentos. Também ficará vulnerável aos interesses de grandes empresas, que visam o lucro acima de tudo, em detrimento dos interesses do consumidor. Por isso, o trabalho do AFFA é imprescindível. Somente com poder de polícia podemos regular o interesse privado e garantir o cumprimento da legislação, a segurança sanitária dos nossos rebanhos, plantações e, acima de tudo, nossa principal missão, que é assegurar a saúde pública.

Com a aprovação do PL, nossas atividades de inspeção e fiscalização ficarão muito limitadas, assim como as ações fiscais. Além disso, as punições em caso de descumprimento da legislação serão abrandadas, o que criará um cenário de impunidade, onde prevalecerá o interesse privado em detrimento do interesse público. Esse PL, travestido de "autocontrole" traz muito mais em seu bojo do que esse título. Na verdade, a obrigatoriedade de o setor privado possuir programas de autocontrole é antiga, ou seja, não seria necessária uma lei para instituir o que já existe, logo, fica claro que o interesse é outro.

Quais os principais desafios de representar a Seção Sindical do Vale do Taquari?

Vejo que a sociedade como um todo, principalmente o setor fiscalizado, tem uma visão distorcida da nossa carreira. Nos enxergam como um empecilho para o desenvolvimento econômico, quando na verdade somos uma alavanca, pois é através das nossas ações, que o status sanitário do agronegócio é mantido nos mais altos patamares mundiais.

É muito triste e frustrante ver a desvalorização pela qual nossa carreira está passando, uma vez que é tão importante para a saúde e economia da sociedade. Acho que esse é o principal desafio não só do sindicato, mas sim de todos nós, affas: lutar para que nossa profissão seja devidamente reconhecida e valorizada, como de fato merece ser. Isso só é possível através da nossa união, engajamento e participação nas causas da carreira.

Como estimular os colegas a se mobilizarem em defesa da carreira em momentos como este?

Para mim, o desejo de mudança, em todos os sentidos da vida, é o principal estímulo que pode haver para a evolução. Quando estamos insatisfeitos com alguma situação, disparamos o gatilho para uma cascata de ações que, se bem planejadas e executadas, culminarão em mudanças surpreendentes! Isso serve para a vida pessoal e profissional.

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61)3224-0364  / +55 (61) 3246-1599
+55 (61) 3968-6573 / + 55 (61) 99202-4764 
+ 55 (61) 99226-6626  / + 55 (61)99932-0149