Desafios do Zootecnista para garantir a segurança do alimento

Hoje, no Dia do Zootecnista, 13 de maio, o Sindicato Nacional dos auditores fiscais federais agropecuários homenageia esse profissional, que atua diretamente na inspeção de produtos e serviços de origem animal

Todos os alimentos, produtos e serviços de origem animal passam, em algum momento de seu processo produtivo, pela fiscalização e inspeção do auditor fiscal federal agropecuário (affa) com formação acadêmica em Zootecnia. Ao longo deste processo produtivo, seja no de registro genealógico de raças, no fomento de cadeias produtivas especificas, na fiscalização dos produtos destinados à alimentação animal e no controle da importação de insumos agropecuários e fiscalizatório laboratorial destes insumos, eles são cuidadosamente avaliados sob o olhar atento desses profissionais concursados, vinculados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

É deles o desafio de acompanhar uma área que se desenvolve em larga escala e com uma velocidade ainda maior nos dias de hoje, especialmente em relação à nutrição animal, a fim de dar suporte a este aumento da demanda por proteína de origem animal do consumidor final, seja no mercado interno ou externo. Tal cuidado visa garantir que o produto de origem animal chegue à mesa do consumidor com o menor custo de produção possível e sem resíduos que possam afetar a sua saúde e também o meio ambiente.

Alexandre Orio Bastos, um dos affas Zootecnistas do quadro de servidores do Mapa, explica que todas as questões técnicas que envolvem essa área avançam com muita rapidez, o que exige constante atualização dos profissionais com relação às mudanças na regulação dos insumos pecuários que entram na cadeia produtiva de itens destinados à alimentação animal. “Temos que nos manter atentos às alterações regulatórias para que todos os avanços sejam contemplados, mas com todo o zelo, pois o objetivo principal é garantir a segurança necessária ao consumidor final”, esclarece o affa.

O auditor destaca também o crescimento exponencial do mercado de nutrição voltada aos pets – cachorros, gatos e outros animais de estimação. “Existe uma preocupação muito grande dos donos desses animais em agradar esta categoria, e por causa dessa tendência é preciso mais atenção para evitar o acesso a falsas informações, presentes na rotulagem dos alimentos, capazes de induzir a compras equivocadas”, esclarece Orio.

Ressalta ainda, que este grande crescimento brasileiro da produção de proteína de origem animal impacta diretamente o trabalho do affa que atua nessa área, na medida em que o aumento da produção gera o crescimento do mercado de ração e a necessidade de maior fiscalização do alimento e das empresas do ramo. Segundo ele, este aumento não é equivalente ao número de affas necessário para atuar na área.

Para superar esses e outros tantos desafios da carreira, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) informa que há a necessidade de contratação de mais affas zootecnistas, assim como também para as outras quatro áreas que, juntas, compõem a carreira de auditores fiscais federais agropecuários - engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos, médicos veterinários.

“O Dia do Zootecnista nos enche de muita satisfação e orgulho pelo desempenho de uma atividade tão relevante para garantir a segurança do alimento, assim como a atuação de todos os auditores fiscais federais agropecuários, que trabalham com esse propósito, mas nos preocupa a extensão da cadeia agropecuária, que exige um número maior desses profissionais tão qualificados para essas funções”, destaca Janus Pablo de Macedo, presidente do Anffa Sindical.

Carreira

Os auditores fiscais federais agropecuários (affas) zootecnistas são responsáveis pelo aumento e melhoria da produção e da qualidade dos produtos e serviços de origem animal, garantindo a segurança alimentar, respeitando a sustentabilidade da produção e preconizando o bem-estar da humanidade e dos animais. Eles analisam e orientam os projetos de Governo, da área relativa à nutrição, produtos e serviços animais, que beneficiam milhares de produtores. Cabe ainda aos affas zootecnistas a certificação da entrada de animais com genética comprovadamente superior no país, para beneficiar sua reprodução, além de fiscalizar e auditar as fábricas de rações para animais de estimação. O zootecnista é uma das áreas que compõe a carreira do auditor fiscal federal agropecuário, ao lado de affas que são engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos e médicos veterinários, totalizando cinco atividades realizadas por profissionais que trabalham para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar às famílias brasileiras.

CONTATO ASSESSORIA

FSB Comunicação

Socorro Ramalho
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 9 9202.8019

Juliana Moreira Lima
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 98136.3266
 

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61) 3246 1599 +55 (61) 3037 1401