16
Dom, Jun

Notícias do Sindicato

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, juntamente com o Secretário Executivo, Marcos Montes, e o secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal, recebeu dirigentes do Anffa Sindical, na manhã desta segunda-feira (03/06), para tratar pleitos da carreira de Auditor Fiscal Federal Agropecuário (AFFA). Participaram da reunião o presidente do Sindicato, Maurício Porto, o vice, Marcos Lessa, o diretor de Assuntos Jurídicos, Márcio Squilassi, o diretor de Departamento de Política Profissional, Oscar Rosa, o coordenador do Conselho de Delegados Sindicais (CDS), Janus Pablo, a delegada da DS-DF, Laucir Gonçalves, e a representante do Comando Nacional de Mobilização (CNM), Rogéria Conceição.

Logo no início da reunião, o presidente Maurício Porto levantou a questão do Adicional de Fronteiras, reforçando a disparidade entre as carreiras abrangidas pela Lei nº 12.855/2013.
“Algumas têm uma lista com muito mais municípios contemplados do que outras. A nossa lista encaminhada ao MAPA solicitava adicional de fronteiras para 113 localidades e apenas 27 acabaram sendo listadas”, explicou Porto à Ministra.

Tereza Cristina mostrou-se solidária ao pleito e afirmou que irá trabalhar pela extensão dos municípios. “Não sei se vamos conseguir, mas acho mais do que justo e vamos trabalhar duro por isso”, afirmou Tereza Cristina.

Outro assunto abordado pelos dirigentes com os chefes do Ministério, foi a convocação dos Excedentes do último concurso público para AFFA médico veterinário, a qual o secretário executivo Marcos Montes afirmou estar em andamento, em sua última reunião com o Sindicato (saiba mais).

De acordo com Cristina, o pleito que está na Casa Civil e já foi conversado com o ministro-chefe Onyx Lorenzoni, já deveria estar tramitando. A ministra mostrou-se apreensiva e disse que irá cobrar um posicionamento da presidência.

“A convocação já era para estar acontecendo. Isso é interesse comum de todos nós, e tenho medo de que a gente perca esse pessoal”, disse.

Da mesma forma que a convocação dos excedentes do último certame, a solicitação de um novo concurso com 150 vagas para Auditores Fiscais Federais Agropecuários (dessa vez destinado às outras profissões da carreira: engenheiro agrônomo, químico, farmacêutico e zootecnista) também já encontra-se na Casa Civil, segundo a ministra.
 

Nivelamento

Um pleito da categoria (desde 2007) e lembrando que os profissionais AFFAs ganham, hoje, 30% a menos que profissionais de outras carreiras de Auditoria. Assim o vice-presidente, Marcos Lessa, iniciou as tratativas sobre nivelamento salarial com a ministra Tereza Cristina.

A ministra afirmou que irá defender o pleito, politicamente, junto à Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), mas que é preciso, antes de mais nada, mostrar mais resultados à sociedade e valorizar, ainda mais, a agropecuária nacional.

“Quando nós chegamos aqui no MAPA, o clima era ruim, e nós chegamos determinados a mudar isso, a baixar os ânimos. O MAPA será mais valorizado se mostrarmos que a agropecuária é o setor que sustenta esse país e a força que o agronegócio tem”, afirmou a ministra.

Na ocasião, o presidente Maurício Porto entregou à Tereza Cristina o aviso ministerial que já havia sido apresentado ao Ministério do Planejamento pelo ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi, documento que ela repassou ao SE Marcos Montes para as devidas providências, visando a emissão de um novo aviso.


Superintendentes

Outro assunto que compôs a pauta de discussão entre a ministra e os dirigentes foram nomeações e trocas de superintendentes nos estados. O Sindicato vem reivindicando nomeações de AFFAs para as SFAs que terão seus titulares substituídos.

A Ministra ressaltou que o MAPA tem poder de veto e afirmou que a questão já foi sinalizada e está sendo tratada junto à Casa Civil.


Assefaz

Finalizando a reunião, o vice-presidente Marcos Lessa pediu o apoio da ministra na viabilização de um convênio entre a Fundação Assefaz e o MAPA, para que os filiados do Anffa Sindical não tenham os planos de saúde cancelados no dia 31 de julho, conforme anunciado pela operadora (entenda). Lessa explicou à Ministra que, a própria AGU tem convênio com a referida Fundação e que, apesar da CONJUR/MAPA ter emitido parecer contrário, o convênio não geraria nenhum ônus ao Ministério, sendo apenas uma questão administrativa. A ministra mostrou-se solidária e afirmou que irá tratar diretamente sobre o tema com a Conjur.

Para o presidente Maurício Porto, essa primeira reunião do Anffa Sindical com Tereza Cristina como ministra da Agricultura, fechou com saldo positivo.

“Tereza Cristina demonstrou conhecimento de todos os itens tratados e comprometeu-se a dar encaminhamento a todos os pleitos”, enfatizou Porto, ao final da reunião.

 


 

0
0
0
s2sdefault