16
Dom, Jun

+ Notícias

Em Assembleia Geral do Fonacate (Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado), realizada nesta terça-feira (04/06), entidades afiliadas avaliaram a importância das articulações políticas para que a Comissão Especial da PEC 06/2019 (Reforma da Previdência) analise as propostas de emendas apresentadas em maio (saiba mais).

 “Agora é hora de conversar com os parlamentares. Sob o manto de ajustes no Sistema de Seguridade Social se esconde imensa retirada de direitos sociais. Vamos redobrar o trabalho feito até aqui”, disse Rudinei Marques, presidente do Fonacate.

Rudinei enfatizou, ainda, a importância da união dos servidores e integração nas manifestações previstas para o dia 14 de junho.

“Precisamos nos integrar às manifestações de rua para que o governo entenda que deve dialogar com os principais interessados nessa reforma: os trabalhadores brasileiros”, afirmou.

Os representantes das entidades, incluindo o vice-presidente do Anffa Sindical, Marcos Lessa, deliberaram questões relativas à campanha nas redes sociais e demais materiais específicos que serão usados na greve. Vale ressaltar que o Comando Nacional de Mobilização (CNM) do Anffa Sindical já convocou a categoria para a paralisação, em comunicado emitido também nesta terça-feira (ACESSE).

Eventos

Além da Greve Geral em todo território nacional agendada para o dia 14 de junho, outros eventos sobre o tema Reforma da Previdência estão previstos para este mês. No dia 17/06, o deputado federal Professor Israel (PV/DF), autor de cinco das dez emendas apresentadas pelo Fonacate, coordenará debate na Câmara Legislativa do Distrito Federal, com a participação de outros parlamentares e especialistas. Já no dia 27/06, o grupo Metrópoles de Comunicação também realizará um debate com a participação de especialistas e representantes do governo e do Congresso. O Fonacate e afiliadas serão parceiros na realização dos dois eventos. 

0
0
0
s2sdefault