Affas do RN reforçam movimento a favor da reestruturação da carreira

“Nós enfatizamos a necessidade do engajamento de todos porque, no final, ao celebrarmos a vitória, aquele que se engajou sabe que sua pequena parcela de contribuição somou para atingir o sucesso almejado”, disse o delegado sindical do Rio Grande do Norte Roberto Gastão da Silva. 

O presidente do Anffa Sindical, Janus Pablo, gravou um vídeo de apoio ao engajamento dos colegas do Rio Grande do Norte, que seguem atuantes no movimento reivindicatório pela reestruturação da carreira. O material audiovisual, que foi transmitido aos Affas na última segunda-feira (07/02), durante uma reunião com o delegado sindical do estado, Roberto Gastão da Silva, foi uma alternativa para a ausência do dirigente sindical, que participaria do encontro presencialmente, mas seguiu às pressas para uma audiência com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, Brasília. 

“Disse a eles que cada filiado tem um papel importante no movimento e, todos juntos, com adesão, contribuem para aumentar as chances de concretização do nosso pleito. Sabemos das dificuldades, mas também entendemos que, nesse momento, a barreira é mais política do que econômica para que a reestruturação se concretize”, disse o presidente.

Participaram da reunião 11 filiados. Ao todo, são 16 Affas ativos na região. “Nós enfatizamos a necessidade do engajamento de todos porque, no final, ao celebrarmos a vitória, aquele que se engajou sabe que sua pequena parcela de contribuição somou para atingir o sucesso almejado”, disse o delegado sindical do Rio Grande do Norte. 

Falta de efetivo - O RN é o segundo maior estado produtor de frutas tropicais irrigadas do Brasil e o principal produtor e exportador de melão, segundo o Sindicato dos Engenheiros Agrônomos do estado (SEARN). Porém, a alta demanda do setor não é compatível com a quantidade insuficiente de Auditores Fiscais Federais Agropecuários lotados na região.

De acordo com Gastão, as atuais atividades do Vigiagro são realizadas por dois Affas médicos veterinários e três Affas engenheiros agrônomos. 

Ele explica que há dois pontos de fiscalização, que são no aeroporto de Natal, por onde saem as cargas de pescado fresco, principalmente atum. “Só no ano passado foram emitidos em torno de 400 certificados para esse tipo de exportação. É onde funciona também a Central de Certificação de Animais de Companhia, com a atuação de um Affa médico veterinário. Só em 2021, foram lançados em torno de 1.100 certificados por lá”, disse. 

O outro ponto de fiscalização que conta com a presença de Affas é o Porto de Natal, onde são emitidos semanalmente em torno de 340 certificados de exportação de frutas. “Como se tratam de produtos perecíveis, esses certificados deveriam ser emitidos em menos dias. Porém, com a falta de efetivo, os documentos são emitidos dentro do prazo máximo de cinco dias. A deficiência é ainda maior na emissão do certificado na origem, isto é, no ponto de embarque das frutas que seguem para os Portos, pois essa atividade é executada por apenas um Auditor”, esclarece.

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61)3224-0364  / +55 (61) 3246-1599
+55 (61) 3968-6573 / + 55 (61) 99202-4764 
+ 55 (61) 99226-6626  / + 55 (61)99932-0149