Sidebar

22
Ter, Jun

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários repudia, veementemente, a violência praticada contra dois auditores ficais federais agropecuários, agredidos durante o exercício de suas atividades, no litoral Norte do Rio Grande do Sul.

 

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários repudia veementemente a violência praticada contra dois auditores fiscais, agredidos durante o exercício de atividades no litoral Norte do Rio Grande do Sul.
 
Os auditores, servidores públicos com anos de trabalho dedicados ao país, fiscalizavam estabelecimentos comerciais de bebidas e produtos coloniais às margens da rodovia BR101, quando o responsável por um estabelecimento agrediu fisicamente. Um dos auditores teve ainda seu celular arrancado da mão e lançado ao chão. Quando o agressor foi em direção à segunda fiscal, seu colega tentou impedir. Os auditores foram auxiliados por transeuntes.
 
O Anffa Sindical se solidariza com os auditores e já orientou a registrarem ocorrência junto à Polícia Federal. O Sindicato vai formalizar denúncia ao Ministério Público Federal e enviará ofício à Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, relatando o fato e alertando para o aumento dos casos de violência contra Affas no exercício de suas funções. Ano passado, vários casos foram observados em frigoríficos e, agora, no Rio Grande do Sul.
Além da grave e inaceitável violência contra os auditores, as ações colocam em risco a saúde da população consumidora dos produtos de origem agropecuária.
O Anffa Sindical reitera seu compromisso com a segurança alimentar do brasileiro, com a economia do país e as condições dignas de trabalho para todos os auditores fiscais federais agropecuários, em defesa da saúde da população e da economia do país.

Mais Artigos...